FB pesquisa vote 2017.png

Pesquisas #VoteLGBT

Desde 2016 realizamos pesquisas nos eventos LGBT+ da região sudeste, sempre com o apoio dos pesquisadores do GPoPAI e com a ajuda de muitas pessoas que se voluntariam. Aqui você vai poder baixar todos os nossos relatórios e os microdados de todos os eventos em que realizamos pesquisas para poder fazer seus próprios cruzamentos e estudos. Acreditamos que os dados devem ser públicos e transparentes. Depois, compartilhe com a gente seus achados. Vamos adorar saber! <3

2018

No carnaval de rua da cidade de São Paulo, realizamos  uma pesquisa inédita sobre assédio. Das 1.170 pessoas entrevistadas:

  • 80% já presenciou assédios no carnaval
  • apenas 3% conseguiu denunciar

Além disso, corpos de mulheres e LGBTS estão muito mais expostos à violência. Em comparação a homens héteros:

  • travestis e transexuais, 10x mais assédio
  • mulheres lésbicas e bissexuais sofrem 7x mais
  • mulheres heterossexuais, 6x mais
  • e homens gays e bissexuais, 4x mais

Essa pesquisa contou com apoio da Ben & Jerrys.

Você pode baixar os microdados aqui: Perguntas Carnaval 2018 e Respostas Carnaval 2018.

 

Pela segunda vez, realizamos a Parada do Orgulho LGBTIQ de Belo Horizonte, repetindo a parceria com a Frente Autônoma LGBT. 

Com a ajuda de voluntáries, conseguimos 410 entrevistas.

Você pode baixar os microdados aqui: Parada BH 2018.

 

Em 2018, através do apoio da Ben&Jerrys conseguimos remunerar os pesquisadores durante a pesquisa da Parada em SP. Foram 310 entrevistas na caminhada, 920 na parada, totalizando 1230 entrevistas face a face! e mais 6001 na internet.

Você pode baixar os microdados aqui: Parada e Caminhada SP 2018

2017

Em SP aplicamos um experimento comportamental em parceria com a FGV-Rio que também aconteceu na internet, recolhendo mais de 10.000 respostas durante a semana do orgulho LGBT. 

Você pode baixar os micro-dados aqui: Parada SP 2017Caminhada SP 2017 e Internet 2017

Em 2017 foi o ano que inauguramos várias parcerias para realizar a pesquisa em outras paradas além de São Paulo. Em Belo Horizonte, contamos com a parceria da Fente Autônoma LGBT e a ajuda de muitxs voluntáries. Entrevistamos 425 pessoas. 

Você pode baixar os microdados aqui: Parada BH 2017


Além disso, com o apoio da Família Stronger, estivemos na primeira edição da Parada do Orgulho LGBT da Cidade Tiradentes, zona leste da capital. No Rio de Janeiro, com apoio da Fundação Cidadania Inteligente, inauguramos nossa pesquisa n.  Você pode baixar os microdados aqui:  Cidade Tiradentes 2017 e Parada RJ 2017.

2016

Na nossa primeira pesquisa, contamos com quase 60 voluntárias e voluntários para fazer o primeiro levantamento do perfil político da população LGBT em 10 anos. Foram 711 entrevistas na Parada e 411 entrevistas na Caminhada de Mulheres Lésbicas e Bissexuais. 

Você pode baixar os microdados aqui: Perguntas 2016  e Respostas Caminhada e Parada 201